Feira Livro

Festival Imaginária_, organizado pela Lovely House Editora, convocou editoras, autores e coletivos a participarem da primeira edição da sua feira totalmente dedicada a publicações de fotografia, a Feira Livro.

_Kamikaze Publicações

A Kamikaze Publicações é uma editora independente criada em 2013, pelo fotógrafo e artista visual Daniel Marques. O selo produz: fotozines, fotolivros, zines, livros de artista, edições de arte, utilizando os mais variados suportesx, como impressões á laser, jato de tinta, xerox, colagens. As publicações são lançadas em edições limitadas, numeradas e assinadas. A Kamikaze Publicações participa do circuito das feiras de publicações no Brasil desde 2014.

Bloondstains on the Floor

Daniel Marques

Bloondstains on the Floor dá continuidade à pesquisa que iniciei em 2013, com o projeto “Sonbahar”, onde ao fotografar a cidade, procuro ora revelar, ora ocultar.
Nesta publicação, sigo investigando possíveis imagens da cidade, pensando no que todas têm em comum, como nos inúmeros conflitos dentro de uma realidade globalizada. Todas as cidades são (de) marcadas com sangue no chão.
Na medida em que se o “filtro” é retirado, o lado animal da sociedade vem à tona, numa morte pré-anunciada. Podemos ver na letra de uma musica, em textos de enciclopédia, um jornal coreano, cenas de uma guerra, imagens de uma cidade que se transformam em um campo de batalha.
Através da desconstrução, o caos recodifica a paisagem para o momento atual, em que paira sobre o globo um clima tenso, com um misto de raiva e revolta. Somando as invasões e abandonos de terras, gerando cidades devastadas, por conflitos sejam eles internos ou externos.
*Fac-símile de um livro de artista, com fotos e recortes colados manualmente.

Dimensões: 14,5 X 21,0 cm
Páginas: 24
Edição:
Ano: 2015
Tiragem: 30
Idioma: português
Tipo de encadernação: Costura manual
Local de produção: São Paulo, Brasil
Editora: Kamikaze Publicações

R$ 80,00
SiaMcity

Daniel Marques

Com um pincel japonês vou emulsionando o papel com os químicos (NH +) ₅ [Fe (C₆H2O₇) ₂] + [Fe(CN)₆]³, e colocando os negativos sobre o mesmo. Aos poucos vai se revelando uma colagem urbana de uma subcultura, e de alguns ícones. Uma nova cidade com varias camadas de químicos e negativos reconstruídos, que ao olhar atentamente podemos visualizar várias historia. Nesta publicação me utilizo deste processo fotográfico do século 19, que tem como sua principal característica os tons de azul, para homenagear o cineasta Derek Jarman , as polaroids para Robert Mapplethorphe, e o processo alternativo utilizado por Mark Morrisroe, para criar suas imagens.

Dimensões: 14,5 X 20 cm
Páginas: 28
Edição:
Ano: 2016
Tiragem: 30
Idioma: português
Tipo de encadernação: Costura manual
Local de produção: São Paulo, Brasil
Editora: Kamikaze Publicações

R$ 50,00
Delírios II

Daniel Marques

Um poema de Arthur Rimbaud, no qual ele fala da simplicidade, e de uma das suas loucuras. Nesta publicação, podemos ver um pouco desta loucura e do delírio, vista de uma forma nada convencional que é esta cidade. Volto ao local em que nasci, e me reconheço em um trecho do poema: “Eu sonhava cruzadas, viagens de descobrimentos sem relatos, republica sem historia, guerras de religião abafadas, revoluções de costumes, deslocamentos de raças e continentes: eu acreditava em todos os encantos”. Mas ao mesmo tempo me pergunto: se eu devo continuar a acreditar em encantos, ou apenas acreditar em delírios?

Dimensões: 10 X 29,5 cm
Páginas: 9
Edição:
Ano: 2018
Tiragem: 50
Idioma: português
Tipo de encadernação: Costura Japonesa Manual
Local de produção: São Paulo, Brasil
Editora: Kamikaze Publicações

R$ 60,00
Nuncamaissereiomesmo

Daniel Marques

A ilha de Meiembipe, que fica no espaço sideral sul do Brasil, é habitada pelos carijós.
Ao atravessar a ponte, já se sente algo.
Reencontrar-me com o MAR.
Um banho com o infinito e se recompor de sensações, imagens e amigos.
Um pardal que passa pelo sol que já se vai.
Arqueologia de sentidos, aonde vou coletando algumas coisas para que esta sensação continue aqui dentro.
Uma folha, uma pena e uma pedra.
Um caminho deixado na areia, indicando que tenho que continuar.
E saber que nuncamaissereiomesmo.

Dimensões: Fotolivro 14 X 20 cm / Caixa 16X 21 cm
Páginas: 62
Edição:
Ano: 2018
Tiragem: 50
Idioma: português
Tipo de encadernação: Manual com Fita Duplaface
Local de produção: São Paulo, Brasil
Editora: Kamikaze Publicações

R$ 60,00
Soleil Noir

Daniel Marques

Enquanto todos estavam preocupados com o aquecimento global, uma coisa que ninguém imaginava, era que o Sol estava se transformando. Varias explosões estavam acontecendo dentro do seu núcleo, e fora dele.
Após anos acontecendo estas explosões, no ano de 2029, o Sol se tornou negro. Passou ater uma luz que mal iluminava a Terra.
E passamos a ter um Sol Negro, e a Lua passou a nos fornecer uma luz branca que iluminava a Terra somente anoite, com uma quantidade bem menor do que estávamos acostumados a ter.
Nestas imagens podemos ver um pouco de como ficou a Terra, após estes acontecimentos com o Sol. Hoje já estamos todos um pouco acostumados. Muitos terráqueos morreram, as cidades foram ficando vazias e abandonadas.
Em algumas imagens, eu consegui captar uma espécie de espectro de alguns terráqueos, que ainda vivem nestas cidades. E aqui temos o que sobrou da cidade de São Paulo no Brasil, uma das poucas cidades em que alguns prédios continuaram inteiros.
Mas não temos muita certeza de até quando eles, os prédios, estarão em pé. Porque do nada, eles caiem como uma folha de papel e viram pó.
*Fac-símiles – com fotografias pinhole, feitas em papel fotográfico, e coladas manualmente.

Dimensões: Caixa – 25 X 32 cm / Fotolivro – 15 X 21 cm
Páginas: 40
Edição:
Ano: 2021
Tiragem: Edição especial 10 unidades
Idioma: português
Tipo de encadernação: Costura Manual
Local de produção: Santo André, São Paulo, Brasil
Editora: Kamikaze Publicações

R$ 200,00

PROJETO FOMENTADO COM RECURSOS DA LEI ALDIR BLANC
EDITAL PROAC EXPRESSO LAB Nº 40/2020 POR MEIO DA SECRETARIA DE CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA DE SÃO PAULO

Back To Top