Feira Livro

Festival Imaginária_, organizado pela Lovely House Editora, convocou editoras, autores e coletivos a participarem da primeira edição da sua feira totalmente dedicada a publicações de fotografia, a Feira Livro.

_Rafaela Jemmene

Sou Rafaela Jemmene, artista visual. Uso a fotografia como um recurso para viabilizar minhas investigações poéticas. Atualmente investigo a noção de site-specific como método, seus desdobramentos e distensões conceituais, a apropriação textual e imagética como possibilidade de elaboração de trabalhos poéticos. A publicação de artista tem sido entre outros meios, um que elegi para conectar as possibilidades de montagem dos conteúdos investigados.

Anotações: espaço, tempo, lugar, memória

Rafaela Jemmene

Em Anotações, reuni investigações sobre dois lugares para os quais voltei minha atenção por algum tempo em meu percurso artístico, que são a Cinemateca Brasileira e o Matadero Madrid, ambos construídos para serem Matadouros. E também apresenta algumas preocupações com questões relativas ao espaço, tempo, lugar e memória, assuntos espinhosos e articulados aqui nesta pequena publicação de artista, com a vontade de abrir diálogo, e talvez algumas reflexões e trocas sobres estes temas.

Dimensões: 21 x 21 cm
Páginas: 7
Ano: 2020
Tiragem: artesanal
Idioma: português
Tipo de encadernação: costura
Local de produção: São Paulo, Brasil

R$ 35,00
O Autor de Quixote

Rafaela Jemmene

Livro composto a partir conto de Jorge Luís Borges, intitulado Pierre Menard, o autor de Quixote. O conto foi reescrito a partir do apagamento de alguns trechos, ou seja, foi realizada uma intervenção com grafite no livro, posteriormente as páginas foram fotografadas, manipuladas digitalmente e assim, a publicação foi construída. O livro usado para fazer este trabalho: BORGES, Jorge Luis Borges. Ficções. Porto Alegra: Abril Cultural, 1972.

Dimensões: 21 x 15 cm
Páginas: 8
Ano: 2020
Tiragem: artesanal
Idioma: português
Tipo de encadernação: costura
Local de produção: São Paulo, Brasil

R$ 70,00
Matadouro 1887

Rafaela Jemmene

Livro composto por desenhos (escaneados e digitais), fragmentos de textos da autora e outros, fotografias realizadas do livro: PEIXOTO, Nelson Brissac. Intervenções Urbanas: Arte/Cidade. São Paulo: Editora SENAC São Paulo, 2002. As fotografias foram manipuladas e modificadas digitalmente, estas tratam do período da arquitetura da Cinemateca, antes da reforma, quando ainda era um Matadouro ou no período de abandono.

Dimensões: 21 x 15 cm
Páginas: 16
Ano: 2015
Tiragem: artesanal
Idioma: português
Tipo de encadernação: costura
Local de produção: São Paulo, Brasil

R$ 70,00
Tatuí/94

Rafaela Jemmene

Tatuí/94, é uma publicação realizada a partir de uma experiência em uma casa na região dos Jardins,na cidade de São Paulo, que na época estava com os dias contados, pois já se sabia que seria demolida, para em seu lugar ser construído um prédio. E neste contexto, pude trabalhar com a noção de site-specific como metodologia para a elaboração de um trabalho de arte. E também pela efemeridade de existência deste espaço me aprofundei em uma questão tão importante para mim, como a memória do lugar. Composto por fotos feitas pela autora, e fragmentos de textos de artista e escritores.

Dimensões: 21 x 15 cm
Páginas: 6
Ano: 2015
Tiragem: artesanal
Idioma: espanhol
Tipo de encadernação: costura
Local de produção: São Paulo, Brasil

R$ 60,00
Sem título (Pés)

Rafaela Jemmene

É uma publicação realizada a partir de uma experiência em uma casa na região dos Jardins, na cidade de São Paulo, que na época estava com os dias contados, pois já se sabia que seria demolida, para em seu lugar ser construído um prédio. Neste trabalho experimentei a impressão digital em papel Canson Croquis que parece papel manteiga, e por ser impressão jato de tinta e ser um papel muito fino, as fotos muitas vezes ficam borradas, manchadas e estas falhas são incorporadas na feitura do livro.

Dimensões: 14 x 21 cm
Páginas: 12
Ano: 2015
Tiragem: artesanal
Idioma: português
Tipo de encadernação: costura
Local de produção: São Paulo, Brasil

R$ 40,00
em um lugar que não existe mais

Rafaela Jemmene

Em 2010 trabalhei em um Quartinho vazio. Queria lidar com a sensação de vazio, de ter somente o espaço oco a me acolher. E assim fiz por um ano. Era um espaço diminuto cheio de potência. O chão foi um dos pontos que mais me chamou atenção – era vermelho, conhecido como vermelhão. O quartinho que eu percebia vazio, era prenhe de memórias, de índices de passagens, nas paredes, no chão. A casa da Rua Simpatia, era grande, foi edificada em um terreno levemente íngreme, e composta por frações, que reunidas formavam a casa, que foi construída aos pedaços, parecia uma montagem arquitetônica. Um corpo que foi se transformando de acordo com as necessidades de seus habitantes. Começou nos fundos e desceu, tomou conta do terreno transformando-a em uma espécie de labirinto-moradia, com um muro coberto de heras. E a casa foi crescendo de forma um pouco caótica, sem projeto. E agora já não existe mais…

Dimensões: 15 x 10 cm
Páginas: 16
Ano: 2014
Tiragem: artesanal
Idioma: português
Tipo de encadernação: costura
Local de produção: São Paulo, Brasil

R$ 40,00

PROJETO FOMENTADO COM RECURSOS DA LEI ALDIR BLANC
EDITAL PROAC EXPRESSO LAB Nº 40/2020 POR MEIO DA SECRETARIA DE CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA DE SÃO PAULO

Back To Top