Feira Livro

Festival Imaginária_, organizado pela Lovely House Editora, convocou editoras, autores e coletivos a participarem da primeira edição da sua feira totalmente dedicada a publicações de fotografia, a Feira Livro.

_Sismo

Manifestações gráficas que emergem quando placas tectônicas se estranham e a terra treme.

Por meio das artes gráficas e da fotografia, a editora independente busca expressar intensidades do cotidiano, vibrações de vidas, turbulências sociais. Os trabalhos convidam para reflexões críticas e também dialogam com processos terapêuticos, afim de estimular autonomias. As publicações autorais são feitas à mão em pequenas tiragens. São exploradas diversas técnicas e suportes, como zine e colagem.

Explorar o que já está vazio

Mariana da Matta

Zine de colagens que busca denunciar alguns dos inúmeros males decorrentes da sociedade capitalista, e mostrar como diferentes formas de opressão e dominação estão relacionadas entre si ao longo da história.

Dimensões: 19 x 13 cm
Páginas: 32
Edição:
Ano: 2018
Tiragem: 50
Idioma: português
Tipo de encadernação: Canoa com costura manual
Local de produção: São Paulo, Brasil
Editora: Sismo
Crédito das fotos: Mariana da Matta

R$ 25,00
Formas para encontrar a luz

Mariana da Matta

Das vezes em que diferentes frequências combinaram suas ondas, vieram trocar uma ideia e mostraram que a beleza é o estado natural de todos os seres, em reflexo de suas próprias emanações e consequentes cores-luzes. Manifesto-luz. Fotografias de luzes que trazem consigo sugestões para encontrá-las quando fica escuro. As capas são pintadas à mão e as cores podem variar.

Dimensões: 13 x 13 cm
Páginas: 20
Edição:
Ano: 2019
Tiragem: 50
Idioma: português
Tipo de encadernação: Canoa com costura manual
Local de produção: Mogi das Cruzes, SP, Brasil
Editora: Sismo
Crédito das fotos: Mariana da Matta

R$ 25,00
Fugas

Mariana da Matta

Fuga e refúgio em recortes e pensamentos. Aquelas coisas que tentam escapar – restos de recortes, delírios dos blocos de notas -, encontram pouso nesse zine e daí viajam falando baixinho aos olhos afora.

Dimensões: 15 x 10,5 cm
Páginas: 12
Edição:
Ano: 2018
Tiragem: 50
Idioma: português
Tipo de encadernação: Canoa com costura manual
Local de produção: São Paulo, Brasil
Editora: Sismo
Crédito das fotos: Mariana da Matta

R$ 20,00
Fugas II

Mariana da Matta

A segunda edição do zine Fugas traz mais uma compilação de fragmentos colados: fuga e refúgio em recortes e pensamentos. Aquelas coisas que tentam escapar – restos de recortes, delírios dos blocos de notas -, encontram pouso nesse zine e daí viajam falando baixinho aos olhos afora.

Dimensões: 15 x 10,5 cm
Páginas: 16
Edição:
Ano: 2020
Tiragem: 50
Idioma: português
Tipo de encadernação: Canoa com costura manual
Local de produção: Mogi das Cruzes, SP, Brasil
Editora: Sismo
Crédito das fotos: Mariana da Matta

R$ 20,00
Ilusão é acreditar na permanência

Mariana da Matta

Fotolivro que propõe uma reflexão sobre a impermanência, relacionando esta característica facilmente observada na natureza com a efemeridade das relações humanas. O projeto gráfico foi desenvolvido para que a ação do tempo torne perceptível o conceito da impermanência no próprio livro. A fragilidade do papel jornal, que tem sua cor alterada em pouco tempo – bem como o risco de rasgar a qualquer momento -, somada aos carimbos, que desbotam rapidamente, e ao papel de baixa gramatura do miolo compõem o projeto que foi feito para sofrer mudanças.

Dimensões: 17 x 11,5 cm
Páginas: 20
Edição:
Ano: 2018
Tiragem: 50
Idioma: português
Tipo de encadernação: Canoa com costura manual
Local de produção: São Paulo, Brasil
Editora: Sismo
Crédito das fotos: Mariana da Matta

R$ 20,00
Kali matou alguns medos e com os restos mortais adubou babosas

Mariana da Matta

Em uma breve narrativa fotográfica, a publicação conta com autorretratos que buscam conversar com simbologias do universo de Kali, a divindade hindu que fala sobre morte e renascimento, medo e coragem. O formato escolhido para a publicação possibilita que ela seja também um cartaz. O texto original que o compõe foi escrito com tinta de pigmento natural gerada e produzida pela própria autora, em uma mistura com seu sangue menstrual, afim de amarrar os simbolismos presentes na mitologia.

Dimensões: 14,5 x 10 cm (fechado) 29 x 20,5 cm (aberto)
Páginas: 5
Edição:
Ano: 2021
Tiragem: 50
Idioma: português
Tipo de encadernação: Dobra
Local de produção: Mogi das Cruzes, SP, Brasil
Editora: Sismo
Crédito das fotos: Mariana da Matta

R$ 10,00
Velho Oeste

Mariana da Matta

Fotolivro que apresenta imagens de uma cidade rural do oeste paulista. Busca retratar o imaginário rural pelo olhar da memória e do afeto. O projeto gráfico propõe refletir a sinestesia das fotos em diálogo com elementos da cultura local, por meio de materiais característicos. A capa conta com a colagem de uma palha seca de milho – diretamente da região – onde foi impressa a imagem de uma pena de galinha d’angola, animal também local, em serigrafia.

Dimensões: 21 x 15 cm
Páginas: 56
Edição:
Ano: 2014
Tiragem: 50
Idioma: português
Tipo de encadernação: Canoa com costura manual
Local de produção: São Paulo, Brasil
Editora: Sismo
Crédito das fotos: Mariana da Matta

R$ 45,00

PROJETO FOMENTADO COM RECURSOS DA LEI ALDIR BLANC
EDITAL PROAC EXPRESSO LAB Nº 40/2020 POR MEIO DA SECRETARIA DE CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA DE SÃO PAULO

Back To Top